25 julho 2018

5 Motivos para ler! A dobra do tempo - Madeleine L'Engle


Sinopse:

Um clássico da fantasia e da ficção científica emerge! 

Era uma noite escura e tempestuosa; a jovem Meg Murry e seu irmão mais novo, Charles Wallace, descem para fazer um lanche tardio quando recebem a visita de uma figura muito peculiar. 

“Noites loucas são a minha glória”, diz a estranha misteriosa. “Foi só uma lufada que me pegou de jeito e me tirou da rota. Descansarei um pouco e seguirei meu rumo. Por falar em rumos, meu doce, saiba que o tesserato existe, sim.” 

O que seria um tesserato? O pai de Meg bem andava experimentando com a quinta dimensão quando desapareceu misteriosamente... Agora, com a ajuda de três criaturas muito peculiares, chegou o momento de Meg, seu amigo Calvin e Charles Wallace partirem em uma jornada para resgatá-lo. Uma jornada perigosa pelo tempo e o espaço. 
Uma dobra no tempo é uma aventura clássica, que serviu de inspiração para os mestres da fantasia e da ficção científica do mundo, agora adaptada para os cinemas pela Disney. Junte-se à família Murray nesta jornada, entre criaturas fantásticas e novos mundos jamais imaginados.

 

Eu quero indicar para o mundo essa série,toda adolescente deveria ler e se empoderar com essa leitura rica e maravilhosa então eu enumerei 5 motivos para t

1. Mulheres escritoras e inovadoras

Uma Dobra no Tempo deveria conquistar leitoras antes mesmo do desenvolvimento da narrativa. Escrito na década de 60, é obra de uma mulher que, mesmo tendo abandonado a carreira temporariamente em função da família, apostou na sua originalidade. Madeleine L’Engle, acostumada ao ritmo enérgico de Nova York, mudou-se para uma pequena cidade rural após casada. Foi ali que a ideia para sua grande se desenvolveu, em meio às rotinas mais calmas e às noções de ciência que adquiria em seu tempo livre. A nova edição do livro, publicada pela Harper Collins, inclui o discurso de agradecimento de Madeleine L’Engle pela Medalha Newbery e um posfácio da neta da autora, através dos quais é possível ter maior conhecimento acerca do contexto da obra.

2. Meninas podem trabalhar com ciência

Margaret Murry é uma adolescente, filha de um casal de cientistas. Embora não se destaque na escola, Margaret sonha em ser tão inteligente quanto sua a mãe. A cientista trabalha junto ao marido em teorias sobre viagem interdimensionais. Juntos, chegam ao conceito de tesserato – um hipercubo teórico de quatro dimensões. Mas quando seu marido some misteriosamente, ela precisa cuidar dos quatro filhos sozinha, além de enfrentar uma sociedade que a coloca como como mulher abandonada e trocada.A teoria desenvolvida pelo casal conduzirá a trama do livro. Margaret precisará compreender o que sua mãe passou aos filhos para assimilar o que acontece à sua volta e assim resgatar seu pai de um poderoso inimigo.

3. Meninas não precisam ser comparadas

Justamente pelo desempenho de sua mãe, Margaret Murry sofre em não atingir as expectativas. Na escola, apresenta problemas de aprendizado. Sente-se inadequada, embora sua mãe tente lhe explicar que é apenas seu modo de compreender o mundo. A padronização imposta socialmente gera já em indivíduo em fase de amadurecimento o descontentamento com as suas “inadequadas” peculiaridades. E isto se agrava ainda mais quando envolve a figura da feminilidade.Mulheres devem ser belas. Mulheres devem ser apaixonadas e apaixonantes. E os padrões modernos ainda inserem, no estereótipo da perfeição, a inteligência. Assim, mulheres devem conciliar beleza, família e profissão, sem chances para erros. Ao mínimo desvio do padrão, mulheres são equiparadas umas às outras em comparações acusatórias. O diferente é vislumbrado como falha de um sistema, o qual falha por si mesmo. E contra esse sistema a história se desenvolve.

4. Meninas não precisam ser perfeitas

Margaret Murry representa aquelas meninas que não conseguem se enxergar no padrão. Como qualquer adolescente, ela é ainda atormentada pelo anseio de pertencer à massa. Gostaria de se destacar na escola, gostaria de ser delicada, gostaria de ser como todas as meninas de sua idade. E talvez ela seja. Sua grande jornada, então, é aceitar suas falhas. E compreender que são as falhas que impulsionam as vitórias.

5. Meninas podem ser inspiradas por outras mulheres

Enquanto livros infantis populares como Alice no País dos Maravilhas apresentam homens como inspiração para o amadurecimento de jovens meninas, Uma Dobra no Tempo apresenta três irreverentes mulheres. A jornada de Margaret Murry começa com o surgimento das senhoras Quequeé, Quem e Qual. As três misteriosas e mágicas mulheres oferecem a Margaret, Charles Wallace e seu amigo Calvin, a sabedoria e ajuda necessária para que o trio complete sua missão. Por meio de seu auxílio, os três viajam através de diferentes dimensões em busca do pai e do inimigo que precisa ser enfrentado.
Não apenas discussões sobre a representação feminina podem ser levantadas pela leitura da obra. Madeleine L’ Engle utiliza a ciência para discutir questões morais em um mundo sistematizado. Aborda a automatização da vida, que cada vez mais é dominada pela compulsão de padrões. Discute a liberdade diante das imposições morais e o preconceito com as diferenças.
Em um mundo padronizado, a apatia se instaura. Os seres humanos tornam-se cegos para a sua própria essência. E os que se rebelam são julgados e torturados. Ao fim, ou se partem pela insistência da força dominante – tornam-se como cegos zumbis conforme o livro. Ou são isolados até que desistam da luta.
O inimigo, é uma força ditadora, por meio da qual a autora opões as forças do bem e as forças do mal. As referências conduzem a uma interpretação de que a autora pode privilegiar a religião católica em sua crítica ao sistema. Talvez parte seja influência da sua participação em atividades na comunidade religiosa. Contudo, ela deixa claro que sua intenção era mais discutir as implicações éticas universais do que propagar os ensinamentos de um grupo religioso.Por ser um pouquinho mas velha e experiente em leituras eu torço do fundo do meu coração que as jovens descubram essa série,leiam,devorem e se inspirem com a leitura.

COMPRE: AMAZON  SARAIVA

Nenhum comentário:

Postar um comentário