12 setembro 2016

Romances por Vanessa Fiorio

Vanessa Fiorio é Administradora de um dos blogs que mais admiramos e somos gratas, ao Livros Do Coração.

Eu e um grupo de amigas fomos convidadas a falar dos gêneros literários que mais gostamos de ler e eu fiquei com os Romances, SIM! com Romances.

Meu primeiro pensamento foi o que nos move a leitura:

Bem, a primeira coisa que me veio à cabeça é que, a vida de todos nós é envolvida ou movida por um amor ou por vários amores. Tem pessoas que sabem amar e as que amam mais do que são amadas.  E porque não ler sobre a realidade do dia a dia?
Podemos ficar horas aqui falando de todos os tipos de amores e romances, e nunca conseguiríamos parar com o assunto: amor para com os nossos filhos, amor de pai e mãe, amores que ocupam o nosso coração a vida toda, aqueles que nos apaixonamos no momento que conhecemos etc.
E esse é um dos motivos do porque tanto amo os livros de romances, o assunto é amplo e muito diversificado.

Fui pesquisar e me ferrei (hehe’) fiquei lá, lendo por horas, sobre todos os tipos de romances e acabei atrasando a minha resenha... (Desculpa amiga Anne).

Na Pagina http://www.significados.com.br/romance/, lemos essa definição abaixo:

O que é Romance:
Romance é uma obra literária que apresenta narrativa em prosa, normalmente longa, com fatos criados ou relacionados a personagens, que vivem diferentes conflitos ou situações dramáticas, numa sequência de tempo relativamente ampla.
Um romance pode contar diferentes tipos de história, podendo ser denominado de “romance policial”, “romance de aventuras”, “romance regional”, “romance histórico”, “romance urbano”, “romance indianista” e etc.
O Romantismo é o nome que se dá ao movimento literário que começou no final do século XVIII e vigorou até a metade do século XIX. Romântico é aquilo que se refere ao Romantismo como movimento literário.
Ex.: Castro Alves foi um poeta romântico.

Fora do campo literário, o termo romance ganhou o significado de “caso de amor”, uma situação que envolve pessoas apaixonadas.
Tem muita coisa para se ler e ser estudado, quando puderem dar uma passada na internet para ver mais, vão se apaixonar como eu, e com certeza aprender que é o mais importante: A curiosidade que move um leitor e o seu centro gravitacional para a leitura, o meu e com certeza de muitas das minhas amigas, é assim que sabemos as nuances e as reviravoltas dos personagens dos livros.
A única certeza é que somos apaixonadas (os) por histórias inventadas e construídas com todos os cotidianos, nos envolvemos e, ainda como espectadores, participamos, vibramos, choramos e até sonhamos com o destino de personagens que nunca existiram (para e mim e para várias pessoas que conheço, alguns parecem bem reais).
 O fato é que a leitura não é só um entretenimento. A ficção da literatura contribui com novos horizontes, amplia nossa experiência e nos oferece novas perspectivas sobre o mundo e sobre nós mesmos (eu acho que me ajudou muito no meu casamento de quase 15 anos e principalmente, com as amizades).

Enfim, para encurtar essa prosa, o romance não nos deixa fazer definições exatas, mesmo os críticos literários, ou até todos os diversos estudiosos, não conseguem.

O gênero é flexível e quem define as motivações e as experiências na hora da sua escrita ou da leitura, são os próprios leitores. Ler nos faz conversar com os autores, nos faz ter muitos momentos de reflexões, os nossos cérebros e corações são exercitados com tantas descobertas de outros mundos, novos lugares e até outros personagens.










3 comentários:

  1. Que lindo !!!
    Amo fazer parte dessa família.
    ObrigadA pelo convite.
    Bjs e muitos Abraços quentinhos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lindo foi ter a presença da nossa dinda, abrilhantando nosso blog. Obrigada! Bjs!!!

      Excluir
  2. Que lindo !!!
    Amo fazer parte dessa família.
    ObrigadA pelo convite.
    Bjs e muitos Abraços quentinhos.

    ResponderExcluir