07 setembro 2016

Bienal de uma Anne Triste


A 24ª Bienal Internacional do Livro de 2016 acabou nesse último domingo é já vai deixar saudades.

Essa literalmente foi a bienal da superação nacional, foi lindo de ver o orgulho dos autores nacionais ao exibir seus livros, seu trabalho de um ano todo pronto e preparado para ir ás mãos de leitores afoitos pela literatura de nossa casa.

Vi amigas queridas sair de um anonimato, e conseguir grandes editoras, autoras independentes em sua primeira bienal se emocionar apenas em estar pisando no local que para elas era um sonho distante, eu também vi autoras que não tiveram seus livros expostos, porém expuseram seu sorriso de satisfação em estar no meio que as fazem feliz, vi nascer novas editoras, acreditando sem precedentes em autores nacionais.

Acima de tudo eu vi humildade, amizade e compaixão. Presenciei por fotos grandes autoras nacionais se render aos encantos de uma iniciante, vi iniciantes com olhos cheios de lágrimas e admiração de estar na presença daquelas que são suas grandes inspirações.
Eu vi amor e paz, sorrisos que nem o cansaço pode apagar.

Eu li nas entrelinhas que minha tribo cresceu, eu não estou sozinha, os leitores estão cada dia mais ativos, cada vez somos "mais". Nós somos muitos.

Apesar de a literatura nacional ter sido o ponto chave dessa bienal, o que foi o carisma e simpatia das três internacionais que aqui estiveram?!, e que vão embora com o verde amarelo estampado no peito, nós somos o povo mais caloroso do mundo e no meio dos leitores não podia ser diferente.

Eu Anne Karolyne não fui a bienal, se eu chorei? Sim!, eu chorei, mas eu também sorri, rezei e torci para que minhas boas vibrações acompanhassem minha equipe,meus amigos e meus autores.

Eu sou Feliz, nesse momento eu estou com lágrimas nós olhos de emoção. 
Meus amores foram um sucesso. Obrigada Deus eu não podia ter pedido nada mais que isso.
A felicidade dos meus reflete na minha.

Alfas Feliz que venha 2017! Eu vou estar terrível.




3 comentários:

  1. Anneeeee foi exatamente assim.
    Amei cada momento.
    Conheci a Gabs ela é linda. Estava com um cabelo show de bola.
    Que vontade que me deu de te abraçar. Ansiosa para te conhecer.

    Beijos em seu coração!

    ResponderExcluir